Trevim revisitado

Novamente pelo Trevim! Ontem, para mim, foi um pouco complicado porque passados 7kms (sempre a subir até ao Esporão) uma indisposição quase que me fazia desistir, já em plena serra da Lousã e no final de um single track uma cãibra (ninguém me mandou “gozar” com o Tó momentos antes) – obrigado ao Hugo pelo sumol e ao Marco pelo alongamento (acho que foi o Marco, já nem me lembro).

Mas voltemos ao inicio… desta vez o percurso foi mais exigente e subimos ao Trevim pela Pena de Góis (mais terra e mais inclinação) em direção à Aigra Velha e daqui para cima ainda pior, a subida aos 1200mts é mais dura por aqui do que via Povorais!

Chegados ao Trevim e com o frio que é normal aqui sentir-se, o Tózito lá teve que saltar da bike com uma cãibra que o condicionou por momentos, de seguida a desejada descida de regresso a casa.

Estica aí!

Estica aí!

Quando nos fazíamos ao trilho eis que aparecem o Paulo e o André que tinham subido por uma picada que, para nós, é o próximo desafio, da Albergaria pelas eólicas, o esforço compensou, depois foi sempre a descer e a curtir os trilhos. Descemos pelo mesmo trilho do Fox enduro race e fizemos mais um, curto mas que não me convenceu, cerca de 500 mts em mau estado, muitos troncos cortados, ramos…os anteriores compensaram e de que maneira, não me canso de os fazer, muito bom!

Será um avião? Não é a imponente eólica ali em frente!!

Será um avião? Não é a imponente eólica ali em frente!!

Na derradeira descida antes de chegarmos à Albergaria (Ponte do Sotão) o Rosinha furou, teve sorte não ter caído pois devia de ir a mais de 50kms hora. Quando chegámos à Albergaria o pessoal separou-se, uns foram para os lados da Ponte de Sotão direitos a casa e nós viemos pelo troço da Candosa, sempre a abrir que já era uma e meia da tarde e as mulheres não perdoam (obrigado pela paciência de aturarem estas nossas maluqueiras), o almoço já estava à nossa espera!

Artigos relacionados: Fotos e Video

 Track gps

Até para a semana e boas pedaladas 😉

Share Button
Bookmark the permalink.

Comments are closed